Busca
EDIÇÃO DO DIA
29 de Julho de 2014 - Ano 65 - Nº 5.494
TEMPO
 
03/09/2013 » 11:46 Tamanho da letra: A+  |  A-
Preço do aluguel cai e sobra casa para alugar
Ana Cristina Santos Foto: Arthur Freire/JP


Hoje, é possível encontrar casas para alugar por R$ 700

A chegada de mais de seis mil operários para trabalhar na construção da fábrica de fertilizantes da Petrobras em Três Lagoas não impactou no preço dos alugueis dos imóveis do município. Pelo contrário, depois de alguns anos com o valor acima do de mercado, houve uma redução no preço de locação de imóveis residenciais em torno de 30%.  

Segundo levantamento realizado pelo Jornal do Povo, em várias imobiliárias já é possível encontrar casa para alugar pelo valor de R$ 700. Realidade bem diferente dos últimos anos, quando o mesmo imóvel era alugado por até R$ 1 mil. Segundo o empresário Alberto Gusmão, houve uma redução entre 25% e 30% no preço dos aluguéis em Três Lagoas, se comparado aos valores do ano passado.

Na imobiliária do empresário é possível encontrar um imóvel para alugar com dois quartos, sala, cozinha, banheiro, área de serviço e varanda, localizado no bairro Novo Aeroporto,pelo valor de R$ 700. O mesmo imóvel já foi alugado por R$ 1 mil em outros tempos. Entretanto, pela avaliação imobiliária o valor correto a ser cobrado seria entre R$ 550 e R$ 600. Hoje, o valor mais alto de um imóvel para se alugar nessa imobiliária é de R$ 3.500.

De acordo com os corretores, o grande problema encontrado é a resistência por parte dos proprietários de imóveis, que ainda insistem em querer cobrar um valor que não condiz mais com a realidade de Três Lagoas. Segundo Alberto Gusmão, hoje a oferta de imóveis disponíveis para alugar é maior do que a procura. Situação bem diferente da que ocorreu no período de construção da fábrica de celulose e papel daFibria e da Internacional Paper, há cinco anos.

Gusmão informou que, de dois anos e meio para cá, muitos imóveis foram construídos. E mesmo com a chegada de mais de seis mil trabalhadores não haverá a ocupação dessas moradias por esses operários, já que o Consórcio UFN 3 disponibilizou alojamento para eles. “Hoje, a oferta é maior do que a procura e a tendência é de que o preço do aluguel diminua ainda de 5% a 10% para, então, ficar estável. Vale ressaltar que o valor não será o mesmo de antes da construção da fábrica de celulose e papel, porém vai se estabilizar”, adiantou.

Para Gusmão, é importante que os proprietários de imóveis residenciais se conscientizem da nova realidade, caso contrário, muitas casas ficarão fechadas. “Os que não querem diminuir o valor do aluguel estão encontrando dificuldades para alugar a casa”, salientou.

Ainda de acordo com Gusmão, os trabalhadores que prestam serviço para o Consórcio UFN 3 estão optando por alugar imóveis com um preço mais barato. “A empresa pagava o aluguel para eles, agora dá um subsídio, então eles optam por alugar uma casa com um preço mais em conta para não gastar todo o dinheiro apenas com aluguel”, comentou Gusmão.

Almir Cameschi, proprietário de uma imobiliária de Três Lagoas, confirmou que houve uma redução no valor do aluguel dos imóveis residenciais. “Uma casa que era alugada por R$ 1.200, hoje a pessoa paga R$ 800. Houve uma redução sim, mas encontramos dificuldades em fazer captação de casa, porque alguns proprietários ainda estão resistentes e querem alugar o imóvel por um valor alto, fora da atual realidade de Três Lagoas”, acrescentou.

Imprimir Enviar para um amigo
Mais Notícias
» Geral
MTST protesta no centro de SP contra ação de reintegração de posse
Ato teve início por volta das 15h na frente do Theatro Municipal e em seguida, se dirigiram até a sede da Secretaria de Segurança Pública (SSP)
» Mundo
Mercosul exige cessar-fogo na Faixa de Gaza
Maduro destacou que há um profundo sentimento de solidariedade com o povo palestino
» Geral
Plano de Aviação Regional prevê investimentos em 270 aeroportos
Ministro prevê, no primeiro ano, renúncia da ordem de R$ 1 bilhão em subsídios e R$ 7,2 bilhões em investimentos, vindos do Fundo Nacional de Aviação Civil
» Economia
Aneel dá mais prazo para distribuidoras pagarem custos de compra de energia
Pagamento estava previsto inicialmente para o início do mês, foi adiado para o dia 31 e agora passou para 28 de agosto
» Geral
Privados de liberdade fazem prova para obter certificado do ensino fundamental
gabaritos dos testes serão divulgados até quinta-feira (31), na internet, na página do Inep
› Ver todas as notícias
 
publicidade
 » Mais notícias
  Terça, 29/07/2014
19:02 - MTST protesta no centro de SP contra ação de reintegração de posse
18:30 - Mercosul exige cessar-fogo na Faixa de Gaza
17:53 - Plano de Aviação Regional prevê investimentos em 270 aeroportos
17:36 - Aneel dá mais prazo para distribuidoras pagarem custos de compra de energia
17:13 - Privados de liberdade fazem prova para obter certificado do ensino fundamental
16:59 - Temperaturas vão continuar baixas no Centro-Oeste
16:22 - Zé Maria defende redução da jornada de trabalho para 36 horas
  ClassiPovo
  EMPREGO
SERVIÇOS GERAIS
Fone 67 3522-8653
  EMPREGO
CONTRATA-SE CABELEIREIRO (A)
Fone 67 3521-2317
  VENDA
PARATI
Fone 67 9201-5517
  VENDA
MACA
Fone 67 9912-4580
  EMPREGO
INSTRUTOR: INFORMATICA - AUXILIAR ADMINISTRATIVO - ELÉTRICA
Fone
  VENDA
Casa Minha Casa Minha Vida
Fone 67 9674-0733
  VENDA
Carrinho de Lanche
Fone 67 9130-7811
  VENDA
Vende-se Salão Comercial
Fone 67 9280-9693
  VENDA
Fusion Prata
Fone 67 9130-5482
Mais anúncios

Rua Eurydice Chagas Cruz, 807 | Vila Nova - Três Lagoas/MS - 79.602-130
Fone: (67) 3509-7500 | E-mail: portaljptl@gruporcn.com.br